Esqueça o zumbido

Assuma o controle

O que é zumbido?


Um zumbido repentino nos ouvidos pode ser alarmante. E, se não desaparecer, pode se tornar confuso e até mudar sua vida. O zumbido não é uma condição, mas um sintoma que pode ser resultante de várias causas.

Cada pessoa experimenta o zumbido, que só ela pode ouvir, de forma diferente de outras pessoas. Para algumas, trata-se de um zumbido nos ouvidos, mas para outras pode ser um barulho, um assobio, até mesmo um apito, uma cigarra ou um guincho. Pode aparecer em um ouvido ou em ambos.

Às vezes, desaparece; digamos, nos primeiros dias após um concerto com muito barulho. Outras vezes, não. E muitas pessoas convivem com o zumbido até que ele se torne muito grave. Algumas vivem com isso por mais de uma década e aos poucos remodelam sua vida diária em torno de um som que não vai embora.

O zumbido é mais comum do que você imagina – 1 em cada 5 americanos são afetados – e pode assumir várias formas.

Existem pelo menos quatro tipos de zumbidos.

  • Zumbido agudo: esse tipo é repentino e quase inexplicável. É como uma tempestade de ruído, que passa e vai embora. Pode ir e vir. Geralmente, dura menos de três meses e costuma ser tratável. 
  • Zumbido crônico: como o nome sugere, é de longo prazo. A condição piora e gradualmente se torna uma parte central da sua vida. Geralmente, caso dure mais de três meses, ela é considerada crônica.
  • Zumbido subjetivo: de acordo com a American Tinnitus Association, esse é um ruído na cabeça ou no ouvido que é perceptível apenas pelo paciente específico. Ele geralmente resulta de reações auditivas e neurológicas à perda auditiva, embora muitas coisas possam causá-lo. Mais de 99% dos casos de zumbido são subjetivos.
  • Zumbido objetivo: inclui ruídos na cabeça ou nos ouvidos que podem ser ouvidos por outras pessoas. O seu sistema circulatório (fluxo sanguíneo) e os movimentos somáticos (musculoesqueléticos) produzem os sons. É muito raro; menos de 1% de todos os casos em geral. Um exemplo é o som de um batimento cardíaco forte o suficiente para chegar ao ouvido. (Isso é conhecido como zumbido pulsátil.)


Perguntas comuns sobre o zumbido

Helping you better understand your affliction

What causes tinnitus?

Ouvir o som funciona da seguinte maneira: o som entra no canal auditivo em formato de ondas sonoras. Essas ondas vibram em seu tímpano, que, por sua vez, move três pequenos ossos, atingindo a cóclea. A cóclea em forma de caracol é preenchida com líquido e pequenos feixes de células ciliadas. À medida que o líquido ondula, os feixes vibram, liberando neurotransmissores. Isso cria um sinal elétrico nas células do nervo auditivo, que viajam até o seu cérebro, onde são então classificadas como informação.*

Feixes ciliares danificados dentro da cóclea costumam causar zumbidos, mas o efeito também pode ocorrer em quase todos os espaços ao longo desse caminho.

Na verdade, existem cerca de 200 distúrbios de saúde diferentes que levam ao zumbido, de acordo com a American Tinnitus Association (ATA).

O zumbido pode estar relacionado a uma explosão repentina de sons ou perda auditiva de longo prazo. Pode ser causada por nervos afetados, endurecimento dos ossos das orelhas, sinusite, golpes na cabeça, lesões no pescoço, lesões na mandíbula, circulação cerebral e até mesmo células ciliadas e bloqueio de cera do ouvido.

Who can get tinnitus?

O Centers for Disease Control dos Estados Unidos estima que quase 15% do público em geral – mais de 50 milhões de americanos – experimentam alguma forma de zumbido1. No entanto, existem grupos de indivíduos que apresentam maior risco de zumbido.

De acordo com a ATA, a prevalência de zumbido aumenta à medida que as pessoas envelhecem, com pico na coorte de 60–69 anos. O aumento provavelmente se deve tanto à perda auditiva relacionada à idade quanto à perda auditiva induzida por ruído acumulativo2.

A ATA também observa que os homens são mais propensos a sofrer de zumbido do que as mulheres. O maior grupo de risco são os homens que trabalham em indústrias barulhentas, como trabalho agrícola, fabricação e produção, construção e militar.

Atividades como caça e automobilismo também são consideradas de alto risco, assim como músicos e frequentadores de concertos.

Is tinnitus tied to hearing loss?

O zumbido não causa perda auditiva, mas eles costumam ocorrer juntos e podem ser causados pelas mesmas coisas. De acordo com a Hearing Loss Association of America, cerca de 50 milhões de americanos sofrem de zumbido; 90% dessas pessoas também possuem perda auditiva.

What can tinnitus lead to?

Viver com o zumbido pode ser frustrante. Pode afetar seu trabalho e até mesmo a sua carreira. Pode atrapalhar seu sono. Atividades como a leitura podem se tornar desafiadoras. O zumbido também pode mudar seus relacionamentos, tanto com o ambiente em geral quanto com as pessoas ao seu redor.

O zumbido afeta os indivíduos nos níveis mental, cognitivo e físico. Muitas vezes, é descrito como um fardo e uma desvantagem. Geralmente, as primeiras coisas a serem afetadas são os pensamentos e as emoções, assim como a capacidade de concentração e foco.

Em um nível mais prático, algumas pessoas com zumbido têm dificuldade com atividades normalmente feitas em silêncio, como jardinar, trabalhar na garagem e ler.
O zumbido também pode afastar as pessoas de ambientes públicos e de grupos, aumentando o isolamento social.

How does tinnitus affect those who do not have it?*

Para portadores de zumbido, ele pode afetar as pessoas ao redor deles, incluindo amigos, familiares e colegas. Isso porque pode criar fortes reações emocionais, que podem se manifestar nas relações pessoais e de trabalho.

How is tinnitus measured?

De acordo com a ATA, o zumbido é normalmente medido por meio de testes de reconhecimento de fala, testes que avaliam a frequência e o volume do zumbido, além de testes físicos dos músculos dos ouvidos, membranas e células ciliadas.

What are some tips for preventing tinnitus?

Resumindo: proteja seus ouvidos. Ruídos fortes são prejudiciais e a exposição prolongada ao ruído é ainda pior. Certifique-se de usar proteção auditiva sempre que possível. Seu profissional de saúde auditiva poderá orientá-lo sobre qual proteção auditiva é melhor para o seu estilo de vida. Não tem um profissional de saúde auditiva? Clique aqui para encontrar um.

Alguns aplicativos digitais usam medidores de som para medir o volume do ruído localizado e muitos são gratuitos para download. (Pesquise "medidores de som").

Se você não puder evitar ruídos fortes, caso seja um bartender em uma boate com muito barulho ou um fazendeiro que usa equipamentos pesados, é importante fazer pausas. Suportar ruído forte por dois segmentos de 30 minutos, com uma pausa, é melhor do que 60 minutos seguidos. (E quanto mais pausas, melhor!)

Fique longe dos alto-falantes! Em clubes e concertos, festivais e eventos da igreja, onde quer que esteja, quanto mais perto você estiver, mais alto e prejudicial será.

Tenha cuidado com fones de ouvido. Se você gosta de aumentar o volume ao ponto de abafar o ruído externo, provavelmente está em risco. E, novamente, seus ouvidos gostam de fazer pausas. Se você usa fones de ouvido regularmente, sempre reserve um tempo para descansar os ouvidos.

Finalmente, o zumbido pode ser causado por infecções de ouvido. Portanto, se você usar auriculares (ou tampões e aparelhos auditivos) por longos períodos, limpe-os regularmente.

Infelizmente, o zumbido nem sempre pode ser evitado, por isso é importante não se culpar. Existem várias opções disponíveis para ajudar a controlar o zumbido e ajudar as pessoas afetadas a viverem uma vida normal.


 

Etapas do tratamento do zumbido

Por onde começar: profissionais de saúde auditiva

 

Como controlar o zumbido de forma eficaz

Como controlar o zumbido de forma eficaz?

A coisa mais importante a lembrar é que quanto mais cedo você lidar com isso, melhor.
A primeira etapa no tratamento do zumbido é entrar em contato com um profissional de saúde auditiva perto de você.
 

 

O que esperar

Uma primeira visita a um profissional de saúde auditiva de zumbido


Em sua primeira consulta com um profissional de saúde auditiva, você certamente pode esperar um teste auditivo, como um passo inicial no tratamento do zumbido. Você pode se surpreender ao descobrir que pode ter uma perda auditiva. Em geral, pessoas que sofrem de zumbido apresentam algum grau de perda auditiva, mas na maioria das vezes é muito leve e quase imperceptível.



Encontre o equilíbrio do seu zumbido

 

Portfólio de produtos Phonak

O portfólio de produtos Phonak permite que você e seu profissional de saúde auditiva elaborem um plano em torno de uma terapia de som que atenda às suas necessidades exclusivas. Isso é essencial para controlar o zumbido de forma eficaz.

Portfólio de produtos Phonak
Portfólio de produtos Phonak

A geração de ruído é uma chave importante, ela equilibra o zumbido nos ouvidos. E, felizmente, graças à tecnologia moderna, agora você pode coletar, manter e personalizar uma biblioteca inteira de sons, efeitos sonoros e música.

Todos os aparelhos auditivos digitais Phonak fornecem amplificação e incluem um gerador de ruído que os torna uma combinação de dispositivos. A maioria dos dispositivos inclui funcionalidade sem fio, que também permite que a opção de terapia de som seja transmitida por um dispositivo Bluetooth.

O aparelho auditivo Phonak Lyric é o único que pode ser usado 24 horas por dia, proporcionando alívio contínuo mesmo enquanto você dorme3. O aparelho auditivo Lyric funciona fornecendo amplificação consistente de sons, dia e noite, para que os ouvidos sempre tenham sons adicionais para focar, tornando o som do seu zumbido menos perceptível.

O Lyric é ideal para quem procura uma solução discreta e não precisa de um gerador de ruído ou recursos de transmissão.

Generic Couple Crossing Street

Na verdade, pode ser útil pensar nos aparelhos auditivos Phonak como um canivete suíço. Cada um é uma ferramenta multifuncional, que pode ajudá-lo a realizar muitas tarefas diferentes em uma variedade de situações.

Agora, qual parte da ferramenta é mais adequada para suas necessidades atuais? Qual ajudará você a controlar o zumbido de maneira mais eficaz?

 

 

O zumbido é "a percepção do som na ausência de som externo". O que isso significa é que os sons, tal como o zumbido, o assobio ou o burburinho nos ouvidos, apenas podem ser ouvidos pela pessoa afetada.

Aproximadamente de 10 a 15% da população sofre de zumbido, mas a maioria dos casos não é tratada. Isso ocorre devido à falta de informações e ao fato de que a maioria das pessoas não tem consciência de quem as poderá entender e ajudar. Embora alguns casos sejam leves, outros requerem algum tratamento específico para superar possíveis efeitos a longo prazo. Esses casos podem variar de transtornos do sono e problemas em manter o foco a estresse ou isolamento da sociedade.

O impacto que o zumbido tem na minha vida diminuiu imensamente– eu consigo me focar.


Quem consultar e o que esperar

Por onde começar?

Quem consultar e o que esperar

Saiba mais

Encontre um especialista em audição perto de você

Encontre um especialista perto de você

Dê o próximo passo e seja avaliado por um
profissional especialista em aparelhos auditivos

Encontrar um especialista

Notas de rodapé

*The National Institute on Deafness and Other Communication Disorders
1. Dados derivados da Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição de 2011–2012, conduzida pelo Centers for Disease Control and Prevention dos EUA.
2. Os dados são derivados da análise de Shargorodsky, Curhan e Farwell de 2010, Characteristics of Tinnitus among U.S. Adults (Características do zumbido entre adultos nos EUA), publicada originalmente no American Journal of Medicine.
3. Power, D. (2018). Is Lyric an effective option for tinnitus? Investigating the benefits of a hearing aid that can be worn 24/7. Enviado para avaliação por pares para publicação.